Caso Concreto Resolvido Semana 6 Fundamento das Ciências Sociais Estácio de Sá

Resposta ao caso concreto da semana 6 da matéria fundamento das ciências sociais, da Universidade Estácio de Sá.

Para acessar os casos concretos da matéria fundamento das ciências sociais, clique aqui.

Caso concreto semana 6 Fundamento das Ciências Sociais

Questão Discursiva

O conhecimento científico opõe- se ao senso comum e que o seu ideal está baseado na concepção segundo a qual a ciência é uma representação da realidade tal como ela é em si mesma. Acredita-se, portanto, em uma objetividade, isto é, um conhecimento que procura as estruturas universais e necessárias das coisas investigadas. Nesse sentido, a corrente positivista comteana buscou relacionar as ciências naturais com a Sociologia emergente do século XIX, com o propósito de legitimar definitivamente a Sociologia como ciência.

Tendo como norte esta perspectiva:

a) Explique como Comte concebeu a ciência da sociedade.


Comte definia a ciência da sociedade, Sociologia ou ainda Filosofia Positiva como uma ciência que usa termos da biologia para explicar o organismo social como física social.
Assim, Comte prega que os conceitos utilizados pelos cientistas naturais (biologia, física, etc) também são possíveis de serem utilizados para explicar e praticar mudança nos fenômenos sociais.

b) Descreva as fases e suas características principais por que podem passar as sociedade humanas, de acordo com a Lei dos três estados.

Antes e explicar os conceitos, vale informar que a Lei dos três estados foi a principal teoria do autor francês.
A teoria ensina que há três concepções da história humana que elas passaram por três estados, que são:
  1. teológico
  2. metafísico
  3. positivo
Abaixo uma transcrição da obra de Comte:
Em outros termos, o espírito humano, por sua natureza, emprega sucessivamente em cada uma de suas investigações três métodos de filosofar, cujo caráter é essencialmente diferente e mesmo radicalmente oposto: primeiro, o método teológico, em seguida, o método metafísico, e finalmente, o método positivo [...] (COMTE, 1825, pp.125-126)

Agora vamos explicar a Lei dos três estados.

O estado teológico

Segundo Comte, este estado é aquele que o ser humano busca explicações para suas dúvidas a respeito da sociedade no divino, no sobrenatural.

O estado teológico concebido por Auguste Comte nos informa que o uso da razão nesse estágio da civilização é considerado como primitivo.

O estado teológico se divide em três, que são o fetichismo, o politeísmo e o monoteísmo.

No fetichismo, conte prega que outros seres vivem de forma muito parecida com o ser humano mas com poderes sobre-humanos, como exemplos seres que habitam a morada dos deuses.

Já no politeísmo, deuses mantinham o controle absoluto sobre tudo e todas as coisas.

E por fim, no monoteísmo, apenas um deus controlava tudo.


O estado metafísico

Nesse estado, os seres sobrenaturais dão lugar a forças abstratas sem personalidade.

“não predomina mais a pura imaginação, mas também não se está, ainda, sobre o domínio da verdadeira observação. No entanto, a razão começa a se preparar para o exercício verdadeiramente científico, como salienta Comte. Daí porque é necessário afastar a metafísica da discussão sobre a ciência: é necessário que ela deixe de existir para dar lugar ao conhecimento dito verdadeiramente científico”(BRANDÃO, 2011, p.83).


O estado positivo 

O estado positivo é aquele em que a ação do homem já não é mais explicada pela ação de seres sobrenaturais ou seres sem personalidade mas sim por leis da natureza, quantificadas e medidas por meio do método científico.

A razão humana toda o lugar e torna-se a explicação dos naturais e humanos.

Questão de múltipla escolha

(UFUB/2009)
Surgida no momento de consolidação da sociedade capitalista, a Sociologia tinha uma importante tarefa a cumprir na visão de seus fundadores, dentre os quais se destaca Auguste Comte. Assinale a alternativa correta quanto a essa tarefa.


a) Desenvolver o puro espírito científico e investigativo, sem maiores preocupações de natureza prática, deixando a solução dos problemas sociais por conta dos homens de ação.

b) Incentivar o espírito crítico na sociedade e, dessa forma, colaborar para transformar radicalmente a ordem capitalista responsável pela exploração dos trabalhadores.
c) Contribuir para a solução dos problemas sociais decorrentes da Revolução Industrial, tendo em vista a necessária estabilização da ordem social burguesa. 

d) Tornar realidade o chamado “socialismo utópico”, visto como última alternativa para à superação das lutas de classe e em que a sociedade capitalista estava mergulhada.
e) Produzir um conhecimento da vida social baseado em premissas teológicas e míticas.

A postagem foi útil?

Considere nos ajudar deixando seu comentário aqui embaixo e compartilhando essa postagem nas suas redes sociais e WhatsApp.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Assinatura Ilimitada Estratégia Concursos