Caso Concreto Resolvido Semana 4 Fundamento das Ciências Sociais Estácio de Sá

Para acessar o caso concreto da semana 3, clique aqui.

Veja abaixo a resolução do caso concreto da semana 4 da matéria fundamento das ciências sociais.

Para ver todos os casos concretos da matéria, clique nesse link.


Caso Concreto Semana 04 - Fundamento das Ciências Sociais


Questão Discursiva

Leia o texto abaixo e responda às questões propostas:
A eleição alemã de domingo colocou os primeiros negros, um ator e um químico, e uma muçulmana no parlamento do país que, além de ser a capital industrial, também se afirma como o centro cultural da Europa. Eles estão entre os 34 deputados de origem estrangeira eleitos, contra 21 do último pleito. Nascido no Senegal, o químico negro Karamba Diaby reconhece que sua eleição foi um fato histórico. Após ganhar uma bolsa de estudos, ele se mudou para a cidade de Hall e, na antiga Alemanha Oriental, em 1986, para estudar química na parte comunista do país . Só em 2001, porém, Diaby recebeu a cidadania alemã. Ele afirma que a prioridade de seu mandato na Câmara dos Deputados será a igualdade de oportunidades de educação no país. – Toda criança nascida na Alemanha deve ter a chance de ser bem sucedida na escola, independente do contexto cultural ou da renda de seus pais – disse ele, que tem 51 anos. 
Seu partido, o Social Democrata, teve 25,7% dos votos e é provável que faça algum tipo de aliança com a União Democrata Cristã de Ângela Merkel. Já a muçulmana Cemile Giousouf e o ator negro Charles Huber vêm da legenda da chanceler reeleita.
Filho de um diplomata senegalês com uma alemã, Huber tem 56 anos e participou do filme de ficção científica de ‘Inimigo meu’ . A história trata de um terráqueo e de um alienígena cujas naves caem num mesmo planeta e para sobreviver, precisam se unir.
Também da União Democrata, Cemile Giousouf, se transformou na primeira parlamentar muçulmana de seu partido. Nascida na Alemanha, de pais Gastarbeiter – em sua maioria trabalhadores turcos com visto temporário -, ela foi enviada para ser criada por um tio na Grécia e voltou após completar 2 anos. Nos dois países viveu como parte da minoria muçulmana, Marcado pelo passado nazista que acreditava numa raça superior de seres humanos, os arianos, o país registra avanços na tolerância: há três anos, a seleção alemã na Copa do Mundo apresentou um time composto por 11 jogadores de origem estrangeira e ficou em terceiro lugar no campeonato. (O Globo, 23/09/2013).

a) Identifique e explique o fenômeno acima evidenciado.

O fenômeno descrito no texto trata-se do multiculturalismo, que traz a ideia de uma sociedade sem hierarquia pautada na diversidade cultural, de modo que esta diferença seja algo benéfico à sociedade.

b) Cite pelo menos dois exemplos de ações na sociedade brasileira em que se verifica a preocupação com o reconhecimento desse fenômeno.

Como exemplo do multiculturalismo na sociedade brasileira, podemos citar a inclusão racial e social trazida pela criação da cota racial e políticas de conscientização e inclusão de pessoas LGBT na sociedade.
Ambas as políticas incluem nas rodas sociais diversas e principalmente no centro de poder pessoas que antes não tinham a oportunidade de fazê-lo em razão da discriminação que sofriam.
O movimento traz a ideia de que o debate de amplas frente sociais torna o produto deste algo mais democrático.

Questão de Múltipla Escolha
Adaptada Enade 2009

“O movimento antiglobalização apresenta-se, na virada deste novo milênio, como uma das principais novidades na arena política e no cenário da sociedade civil , dada a sua forma de articulação/atuação em redes com extensão global. Ele tem elaborado uma nova gramática no repertório d as demandas e dos conflitos sociais , trazendo novamente as lutas sociais para o palco da cena pública e a política para a dimensão, tanto na forma de operar, nas ruas, como no conteúdo do debate que trouxe à tona: o modo de vida capitalista ocidental moderno e seus efeitos destrutivos sobre a natureza (humana, animal e vegetal). GOHN, 2003
É correto afirmar que o movimento antiglobalização referido nesse trecho:


A) Cria uma rede de adesão ao processo de globalização, expressa em atos de desobediência civil e propostas alternativas à forma atual da globalização, considerada como o principal fator da exclusão social existente.
B) Defende um outro tipo de globalização, baseado na solidariedade e no respeito às culturas, voltado para um novo tipo de modelo civilizatório, com desenvolvimento econômico, mas também com justiça e igualdade social
C) É composto por atores sociais tradicionais , veteranos nas lutas políticas, acostumados com o repertório de protestos políticos, envolvendo, especialmente, os trabalhadores sindicalizados e suas respectivas centrais sindicais.
D) Aceita as imposições de um mercado global, uno, voraz, além de contestar os valores impulsionadores da sociedade capitalista, alicerçada no lucro e no consumo de mercadorias supérfluas.
E) Não se utiliza de mídias, tradicionais e novas, de modo relevante para suas ações com o propósito de dar visibilidade e legitimidade mundiais ao divulgar a variedade de movimentos de sua agenda.

Para acessar o caso concreto da semana 5, clique aqui.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Assinatura Ilimitada Estratégia Concursos