Resposta Avaliando o Aprendizado Direito Civil IV Estácio de Sá

Código de referência da questão.1a Questão (Ref.:201302026701)Pontos: 0,1  / 0,1  
(DPE/AM) A posse
 Certopode ser oposta ao proprietário.
é adquirida quando se detém a coisa a mando de outrem.
quando turbada, autoriza o ajuizamento de ação de reintegração.
é de má-fé mesmo que o possuidor ignore o vício.
não pode ser defendida, em juízo, pelo possuidor indireto.


Código de referência da questão.2a Questão (Ref.:201302017375)Pontos: 0,0  / 0,1  
(TJ/PA) No que tange ao instituto da posse, bem como a seus efeitos, assinale a alternativa CORRETA.
O possuidor turbado não pode utilizar a força própria para manter-se na posse, ainda que a reação seja imediata, em razão da vedação à autotutela.
 CertoO detentor não possui direitos equivalentes aos direitos do possuidor e, portanto, não possui direito à proteção possessória.
O possuidor direto, que tem a coisa em virtude de direito pessoal ou real, não possui proteção possessória contra o possuidor indireto.
 ErradoA existência de justo título não implica, em regra, na presunção de que a posse é de boa-fé.
Não se admite composse de coisa indivisível, de modo que a proteção possessória é atribuída a apenas uma pessoa, conforme determinar a lei.


Código de referência da questão.3a Questão (Ref.:201301923364)Pontos: 0,1  / 0,1  
(XV Exame Unificado OAB) Com a ajuda de homens armados, Francisco invade determinada fazenda e expulsa dali os funcionários de Gabriel, dono da propriedade. Uma vez na posse do imóvel, Francisco decide dar continuidade às atividades agrícolas que vinham sendo ali desenvolvidas (plantio de soja e de feijão). Três anos após a invasão, Gabriel consegue, pela via judicial, ser reintegrado na posse da fazenda. Quanto aos frutos colhidos por Francisco durante o período em que permaneceu na posse da fazenda, assinale a afirmativa correta.
Francisco tem direito aos frutos percebidos durante o período em que permaneceu na fazenda
Francisco deve restituir a Gabriel todos os frutos colhidos e percebidos, e não tem direito de ser ressarcido pelas despesas de produção e custeio.
 CertoFrancisco deve restituir a Gabriel todos os frutos colhidos e percebidos, mas tem direito de ser ressarcido pelas despesas de produção e custeio.
Francisco tem direito à metade dos frutos colhidos, devendo restituir a outra metade a Gabriel.


Código de referência da questão.4a Questão (Ref.:201302045545)Pontos: 0,1  / 0,1  
(Questão 14  28º Exame OAB-RJ) Dá-se a traditio breve manu quando:
 CertoO possuidor de uma coisa em nome alheio passa a possuí-la como própria.
O possuidor de um imóvel em nome próprio passa a possuí-lo em nome alheio;
A posse pode ser continuada com a soma do tempo do atual possuidor com a posse dos seus antecessores;
Se substitui a entrega material por ato indicativo do propósito de transmitir a posse;


Código de referência da questão.5a Questão (Ref.:201302015425)Pontos: 0,1  / 0,1  
(Questão 21  117º Exame OAB-SP) "A" vende a "B" a casa de que é proprietário e onde reside, ficando convencionado que "A" permanecerá no referido imóvel, não mais como dono, mas como locatário, de modo que o possuidor antigo, que tinha posse plena e unificada, passará a ser possuidor direto, ao passo que o novo proprietário se investirá na posse indireta. Operou-se, no caso, o modo aquisitivo derivado da posse, que é
 Certoo constituto possessório.
traditio brevi manu.
traditio longa manu.
a acessão.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Assinatura Ilimitada Estratégia Concursos